Por Priscila Sampaio

Em 20 de March de 2019

A nova edição do programa “O Aprendiz” iniciou nesta segunda-feira, na TV Bandeirantes, e já tem dado o que falar nas redes sociais. Um dos diferenciais desta edição é que o programa será formado com influenciadores digitais. São 18 participantes que disputarão o prêmio de R$ 1 milhão e ainda querem aumentar sua influência.

A Airfluencers, empresa de marketing de influência, fez um estudo geral dos participantes. O potencial de alcance que a audiência de todos juntos pode chegar é de até 439 mil pessoas impactadas no Instagram.

Nosso estudo foi um dos destaque da semana no Meio e Mensagem.

Influência na vida real de O Aprendiz

Hoje, os 18 participantes possuem 12 milhões de seguidores no total. Entre comentários e curtidas, todos somam um total de 59 milhões de interações.

“A ideia foi minha de trazer para o programa os influenciadores. Será muito interessante observar o comportamento desses perfis, que alcançam milhões de pessoas com seus trabalhos, que estão acostumados às suas câmeras, enfrentar os desafios do dia a dia, para uma TV Aberta”, fala Roberto Justus, empresário e apresentador do O Aprendiz.

Temas dos influenciadores

O comportamento conjunto está em publicar temas como Literatura, Casa e Construção, Negócios e Entretenimento, Beleza e Moda, além de outros assuntos que são menos abordados pelos participantes.

Quando falam em Negócios, o tema Finanças Pessoais domina as publicações. Já em entretenimento, a TV Aberta, passa a ser o destaque. Isso se deve a participação dos influenciadores no programa que será exibido pela Rede Bandeirantes.

Realidade dos criadores de conteúdo

“O que será interessante em ver é o dia a dia desses influenciadores, porque normalmente em programas de eliminação e convivência, típico de reality show, podemos ver o comportamento real daquela pessoa, que os influenciadores não passam para seus perfis digitais. Tenho fé que será um sucesso o programa por ter a conexão entre os desafios do mundo digital para o mundo offline”, comenta Rodrigo Soriano, CEO da Airfluencers.

Esse ponto de vista é compartilhado com Justus, do qual acredita que será um momento da verdade: “Essa profissão de influencer é nova e ganhou força nos últimos anos, porém, como qualquer empresa e empreendedor deve se buscar o lucro, a monetização do negócio. Impactar milhões de pessoas sem converter para o negócio, não vai adiantar. É nessa realidade, com princípios básico de economia tradicional, é que vamos trabalhar e ver como será a atuação de cada um”, fala o apresentador.

A influência individual

Agora em relação a influência de cada participante do O Aprendiz, o que se destaca é o @carlos Santana. Entre os perfis é o que mais gera a média de comentários por publicação entre os 18 influenciadores. Com 2,4 milhões de seguidores no Instagram, ele alcança a média de 912 comentários por publicação. Seus assuntos principais é Música, Aviação, Beleza e Gastronomia. Nos últimos 90 dias, foi registrado 2% de aumento de seguidores.

influência

Carlos Santana é o que mais gera comentários no Instagram

 

Carlos Santana ainda é o campeão em média de curtidas por post: 94 mil.

Quem também concorre ao pódium de influência é o Nana Rude. No Instagram ele tem 1,8 milhões de seguidores. É campeão em produzir conteúdo, publicando 352 posts nos últimos três meses.

influência

Nana rude é o que mais produz conteúdo no Instagram

É o que alcança a maior média de visualizações dos seus vídeos: 384 mil. Porém, não alcança o engajamento que o Carlos Santana tem com sua audiência.

A influência no Youtube

Agora, um dos primórdios do Youtube, PC Siqueira, em seu canal Maspoxavida, é o campeão em visualização de seus vídeos. Dos participantes, 8 possuem canal no Youtube, e PC Siqueira é o que apresenta maior média de visualizações, com 212 mil por publicação.

O Aprendiz

PC Siqueira é o principal influenciador no Youtube

Com 2,4 milhões de seguidores, ele está em primeiro do ranking em média de comentários (1,6 mil) e 33 mil curtidas.

“Algumas atividades que já fizemos e gravamos demonstram as fortalezas e fraquezas dos participantes. São atitudes de bastidores no mundo virtual e que estamos levando para a TV Aberta, o interessante é que atraímos as pessoas que navegam na internet para a TV novamente.Vamos tirar os influenciadores digitais da zona de conforto”, conclui Roberto Justus.

Agora é aguardar quem será o campeão no mundo real da TV Aberta.

 

E-book: Aprenda a trabalhar com influenciadores digitais.

Baixe grátis

influência